Sustentabilidade

A ClearSale, desde 2018, é certificada pelo Blab como Empresa B. Isso significa que a companhia mensura e reporta seus impactos em toda sua cadeia de valor e assume o compromisso de melhoria contínua em sustentabilidade. Além de ter a certificação, a ClearSale apoia o Imperative21, uma campanha que preza pela redefinição do capitalismo.

Previamente à pandemia, já havíamos iniciado alguns formatos de trabalho híbrido (parte da semana no escritório e outra parte em home office). Hoje, no entanto, 99% dos nossos colaboradores atuam em formato home office, o que permite reduzir a pegada de carbono em relação à locomoção para o posto de trabalho. No formato presencial, uma forma de reduzir este impacto era por meio de estímulos do uso de transporte coletivo, em que a organização custeava o valor necessário, sendo, na maioria das vezes, acima do exigido por lei para que as pessoas pudessem utilizar transportes coletivos.

Dentre nossas práticas em nossas instalações, temos uma construção que emprega sistemas com o objetivo de aumentar a eficiência no uso de água (equipamentos e dispositivos eficientes que utilizam água de reuso nos sanitários, além de torneiras, pias, vasos sanitários, mictórios de baixo fluxo para economizar água). Nossos escritórios possuem um programa de reciclagem que permite a segregação dos resíduos em recicláveis e não recicláveis, o que desde a implementação permitiu a redução e aproveitamento de aproximadamente 20% dos resíduos de nossos escritórios. Assim como a não utilização de copos descartáveis que foram substituídos por copos reutilizáveis do escritório de do restaurante que estava dentro das nossas instalações. Realizamos a transição de alguns equipamentos para que fossem energeticamente eficientes, como lâmpadas e sistemas de liga e desliga por sensores.

Por meio de Leis de incentivo, apoiamos o projeto “Aprendizes Digitais”, que tem como intuito promover oficinas gratuitas relacionadas à inserção digital, programação, robótica e artes visuais. O programa pretende impactar duas comunidades em situação de vulnerabilidade social durante um ano letivo, para o desenvolvimento sociocultural da população local por meio da cultura digital e sua relação com o meio das artes.

O projeto possibilita o desenvolvimento de trabalho em 3 eixos: oficinas de programação e robótica através das artes visuais; atividade de formação de educadores locais sobre os temas do projeto; possibilidade de voluntariado através de atividades de mentoria.